Quem sou eu

Minha foto

Criei esse espaço para dividir, somar e multiplicar as aventuras da maternidade, me tornei mão aos 40 anos, ser mãe é uma das melhores coisas que poderia ter acontecido na minha vida. Mãe, dona de casa, esposa e agora blogueira, seja bem vido(a) ao meu espaço.

Siga por email

Seguidores

Pesquisar este blog

Meu coração mora aqui.

MinhaFlorBela1

Lilypie Fourth Birthday

Selinho

https://plus.google.com/photos/118370895213320549216/ albums/6041220813981463809?banner=pwa

Facebook

Networked Blogs

Eu curto na blogosfera

Tecnologia do Blogger.

Google+ Badge

Total de visualizações de página

Translate

Postagens populares

Arquivo do blog

Visitantes Online

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
sábado, 9 de maio de 2015

O dia das mães aqui na minha casa é um dia normal, não temos o costume de comemorar, não me refiro por ser ou não data comercial, isso não vem ao caso, não vou levantar bandeira, até porque estaria sendo hipócrita, já que o dia das crianças não passa em branco aqui em casa.
Mas dia das mães e dia dos pais deixamos para no caso de quando ela estiver maior e se assim quiser fazer algo, vai ser da vontade dela, não sei se dá para entender, mas se não der tudo bem, foi uma decisão nossa e pronto.
O fato de não comemorarmos não me tira a emoção de ser mãe, sou mãe todos os dias, por tanto comemoro todos os dias por ter o privilégio de ser mãe, por uma linda Flor no jardim da minha vida.
Também me dou o direito de me emocionar com campanhas publicitárias sobre o dia das, é justamente sobre isso que quero falar, a homenagem da Dove Baby para o dia das mães é linda, achei o vídeo emocionante, o texto perfeito.
Eu copiei o texto e vou colocar aqui pra vocês, não sei quem é o autor (a), se alguém souber pode me avisar agradeço. Uma dúvida é quanto há uma palavra que não consegui identificar
Direito, a palavra é “TAPIN” ou “TAPIM”, tenho dúvidas se seria isso mesmo.



“Se a gente olha ela sorri, cantando baixinho a mesma canção de outras mil vezes mais.
Se a gente olha os braços abraçando bebes a os becos feitos de “tapim” e leveza. Talvez a gente veja que o corpo de uma mãe é feito de pura beleza.
Se a gente olha as suas pernas percorrendo calçadas, empurrando carrinhos, rezando para bebê dormir, o seu pé ante pé, indo arrumar um lençol que teima em cair, quando o seu só quer curtir um café, sentar no sofá. Talvez a gente veja na pele da mãe quanta beleza está.
Se a gente olha o colo virar cavalhinho, correr, pular, deixar tudo arrumado, as costas dobrarem virando brinquedo, levando crianças nos ombros cansados, pois o abraço de mãe é o toque que sempre sossega. Talvez a gente veja quanta beleza o corpo da mãe carrega.
E quando a noite encerra o dia, os sorrisos escondem os choros de quem não para um minuto, mãos cobrindo o bebê e o mundo, os lábios selando o sono de quem sonha com aquele beijo também. Talvez a gente veja a beleza que o corpo de uma mãe tem”. (Texto do vídeo da Dove Baby)

Feliz dias das mães, que todos os dias sejam felizes ou de pequenas felicidades. 


PS: Isso não é um publipost. 

0 comentários: